INÍCIO QUEM SOMOS ÁREA DE ATUAÇÃO ESTRUTURA NOTÍCIAS ARTIGOS CONTATO
 
 
Grevistas no Arquivo Nacional barram membro da Comissão da Verdade
06.07.2012

Um grupo de servidores federais em greve no Arquivo Nacional barrou nesta tarde a entrada do ex-procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, membro da Comissão da Verdade, que havia marcado uma reunião com a direção da instituição.

Fonteles disse ao grupo de cerca de 15 grevistas que os trabalhos da comissão não podiam ser postergados, pois têm prazo definido de dois anos para acabar.

Um manifestante disse que lamentava pelos mortos e desaparecidos da ditadura, mas que os "vivos também estão precisando de ajuda". Fonteles retrucou dizendo que os opositores da ditadura haviam morrido "para nós termos isso aqui [democracia]".

Como os grevistas não arredaram pé da entrada, Fonteles foi embora. Minutos depois, duas diretoras do Arquivo Nacional foram ao encontro dele, no prédio do CCBB (Centro Cultura Banco do Brasil), onde funciona a comissão.

Os servidores do Arquivo (400 no Rio de Janeiro e 50 em Brasília) começaram a greve na última terça-feira, em protesto contra a falta de um plano de carreira para a categoria. Segundo o comando de greve, 50% dos vencimentos dos servidores do Arquivo são gratificações temporárias, "o que gera uma insegurança", e um plano pode corrigir o problema. Eles também reivindicam a substituição do atual diretor, Jaime Antunes da Silva, que ocupa o cargo desde 1992, segundo os grevistas.

No final da tarde, os grevistas decidiram, em assembleia, que passarão a autorizar novas eventuais visitas de membros da Comissão da Verdade. Maria Rita Aderaldo, vice-presidente da Assan (Associação dos Servidores do Arquivo Nacional), disse que Fonteles foi barrado "para que a greve tivesse eficácia, não temos nada contra a comissão, pelo contrário". "A Assan participou desde o começo pela abertura dos arquivos da ditadura que estão no Arquivo", disse Maria Rita.

 

Fonte: Portal Folha

WEBMAIL
Login
Senha
 
ADMINISTRATIVO
Login
Senha
 
 
CopyRight © 2010 - Eduardo Granzotto - TWNet