INÍCIO QUEM SOMOS ÁREA DE ATUAÇÃO ESTRUTURA NOTÍCIAS ARTIGOS CONTATO
 
 
INTERNACIONAL:Alta comissária dos direitos humanos adverte sobre ataques a ciganos na França
10.09.2012

Brasília – A alta comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Navi Pillay, disse hoje (10) estar “preocupada” com os recentes ataques a acampamentos de ciganos romenos e búlgaros na França e pediu a Paris “esforços suplementares” para integrar essas pessoas. Segundo ela, os ataques tornam todos os moradores vulneráveis. O assunto é tema da reunião do conselho, em Genebra, na Suíça.

Ela elogiou as medidas recentes do governo do presidente da França, François Hollande, como o fim do imposto pago pelo empregador búlgaro ou romeno ao Gabinete Francês da Imigração e Integração. Mas considerou que são necessários “esforços suplementares” na integração destas pessoas.

“Devem ser feitos esforços suplementares para remediar [as consequências dos ataques] no quadro da estratégia nacional para a integração dos ciganos e em plena conformidade com as normas internacionais relativas aos direitos humanos”, disse a alta comissária.

O alerta de Pillay ocorre no momento em que os ministros dos Assuntos Europeus da França, Bernard Cazeneuve, e do Interior, Manuel Valls, vão à Romênia conversar sobre a situação de imigrantes. A reunião ocorre na próxima sexta-feira (14).

Nas últimas semanas, centenas de ciganos romenos e búlgaros foram retirados pelas autoridades francesas dos acampamentos clandestinos em que viviam sob protestos de entidades de defesa dos direitos humanos.

A organização não governamental (ONG) Coletivo dos Direitos do Homem Romeurope diz que cerca de 15 mil a 20 mil ciganos vivem na França, a maioria, em Paris. 

Fonte: Agência Brasil

WEBMAIL
Login
Senha
 
ADMINISTRATIVO
Login
Senha
 
 
CopyRight © 2010 - Eduardo Granzotto - TWNet