INÍCIO QUEM SOMOS ÁREA DE ATUAÇÃO ESTRUTURA NOTÍCIAS ARTIGOS CONTATO
 
 
TRÁFICO DE PESSOAS:Representantes de famílias falam à CPI sobre adoções suspeitas
27.11.2012

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico Nacional e Internacional de Pessoas no Brasil deverá tomar nesta terça-feira (27) o depoimento de advogados e representantes de famílias paulistas que receberam crianças originárias de Monte Santo (BA).

A CPI também espera ouvir o juiz do município baiano, Luiz Roberto Cappio, que encontrou irregularidades nos processos de adoção autorizados pelo juiz anterior, Vitor Bizerra. A presença do magistrado, porém, ainda não havia sido confirmada até o presente momento.

Bizerra teria concedido a adoção de cinco crianças da mesma família a quatro casais de São Paulo em apenas 24 horas, sem procedimentos como o estágio de convivência das crianças com os pretendentes à adoção, e sem a participação do Ministério Público no processo.

O caso das adoções na Bahia, denunciado pelo programa Fantástico, da TV Globo, ocorreu em junho de 2011 e está sendo investigado pela Polícia Federal e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

No último dia 19, um habeas corpus impediu o depoimento, à CPI, de Carmem Kieckhofer Topschall, acusada de intermediar adoções irregulares de crianças do sertão da Bahia. Ela alegou que, na condição de investigada, não pode produzir provas contra si.

A relatora da CPI é a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que já foi informada pelo promotor de Justiça Luciano Ghignone sobre indícios da existência de uma quadrilha, em atuação há mais de dez anos, voltada ao tráfico de pessoas nos municípios baianos de Euclides da Cunha, Canudos e Encruzilhada.

A reunião da comissão tem início às 14h30, na sala 15 da Ala Alexandre Costa.

Fonte: Portal Senado Federal

 

 

WEBMAIL
Login
Senha
 
ADMINISTRATIVO
Login
Senha
 
 
CopyRight © 2010 - Eduardo Granzotto - TWNet