INÍCIO QUEM SOMOS ÁREA DE ATUAÇÃO ESTRUTURA NOTÍCIAS ARTIGOS CONTATO
 
 
Relator da CPI do Cachoeira retira pontos polêmicos de relatório final
29.11.2012

O relator da CPI do Cachoeira apresentou uma nova versão do relatório final e retirou dois pontos que tinham causado muita polêmica: a proposta de indiciar jornalistas e investigar o procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Mas, ainda tem a votação do relatório. E antes, na próxima quarta feira, ele vai ser debatido na CPI.

E a pressão está forte: governistas e oposição querem novas mudanças.

Na primeira versão, o relatório do deputado Odair Cunha, do PT, tentou indiciar cinco jornalistas, além de propor mais investigações sobre outros seis.

A lista misturava nomes que receberam dinheiro do grupo de Cachoeira a outros que nada receberam. A tentativa foi criticada por entidades de classe e de defesa da liberdade de expressão e também por políticos da oposição e da base aliada ao governo.

 

Antes do início da leitura do resumo do relatório, o deputado Odair Cunha afirmou que estava retirando do texto dois pontos que causaram polêmica: o indiciamento de jornalistas e o pedido de investigações sobre a conduta do procurador-geral da República que, segundo o relatório, atrasou o início das investigações sobre Carlinhos Cachoeira.

A oposição ficou satisfeita com a mudança. “Reconheço que houve grande ganho com a exclusão da imprensa e do procurador-geral”, afirmou Carlos Sampaio.

Nas 89 páginas do resumo, o relator recomenda a responsabilização criminal de 40 pessoas, entre elas o governador de Goiás, Marconi Perillo, do PSDB, e o prefeito de Palmas, Raul Filho, do PT. Também pede o indiciamento de dezenas de pessoas, inclusive o do bicheiro Carlinhos Cachoeira e o do ex-presidente da Delta Fernando Cavendish.

E envia aos órgãos de controle os dados apurados pela comissão. “Estamos compartilhando com o Ministério Público, com a Polícia Federal e com a Receita Federal os R$ 84 bilhões em movimentações financeiras oriundas dos sigilos bancário e fiscal quebrados, com expressa recomendação para que instaurem procedimentos investigatórios contra a empresa Delta e outras 116 empresas. Se pudesse indiciar empresa, assim o faríamos”, disse o relator.

Na quarta-feira que vem será iniciada a discussão do relatório. Até lá, os parlamentares podem apresentar sugestões ao relatório. A etapa seguinte é a votação. 

Fonte: Portal Câmara dos Deputados

 

 

WEBMAIL
Login
Senha
 
ADMINISTRATIVO
Login
Senha
 
 
CopyRight © 2010 - Eduardo Granzotto - TWNet