INÍCIO QUEM SOMOS ÁREA DE ATUAÇÃO ESTRUTURA NOTÍCIAS ARTIGOS CONTATO
 
 
PEC pode impedir a demarcação de 700 terras indígenas, afirma secretário
04.12.2012

O secretário executivo do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Cleber Buzatto, disse há pouco que a possível aprovação de proposta que transfere do Executivo para o Congresso a prerrogativa de reconhecer terras indígenas (PEC 215/00) pode impedir a demarcação de cerca de 700 territórios indígenas, incluindo processos já em andamento e ainda não iniciados. “Os povos indígenas já vivem hoje em situação de extrema vulnerabilidade social e violência. Com a PEC, o Congresso pode piorar ainda mais essa situação”, disse. A admissibilidade da proposta foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça. O texto ainda precisa ser analisado por uma comissão especial antes de seguir para o Plenário.

A declaração foi feita durante ato político em defesa dos direitos dos povos indígenas, que acontece neste momento no plenário 1.

O cacique Ládio Veron, que também participa do encontro, alertou para a situação em que vivem os guarani-kaiowás, no Mato Grosso do Sul: “Não suportamos mais viver à beira das rodovias, enfrentando chuva, sol, desnutrição. Os empreendimentos que estão onde deveríamos estar acabam com nossos rios e florestas, envenenam nossas terras. Muitas das nossas lideranças já passaram por aqui reivindicando nossas terras e até hoje nosso problema não foi solucionado. Matam e prendem nossas lideranças, mas não demarcam nossas terras. Estamos somente pedindo para sobrevivermos em cima deste chão”.

Fonte: Portal Câmara dos Deputados 

WEBMAIL
Login
Senha
 
ADMINISTRATIVO
Login
Senha
 
 
CopyRight © 2010 - Eduardo Granzotto - TWNet